São Paulo: Frio atípico em Novembro


por César Soares - Climatempo


Como previsto, a madrugada do domingo, 20 de novembro, foi mais gelada do que a do sábado. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou uma temperatura mínima de 11,3°C. Para um dia de novembro, a madrugada do dia 20 foi a mais fria na cidade de São Paulo desde 2 de novembro de 2011, quando a temperatura mínima foi de 10,8°C. Mas se considerarmos apenas a segunda quinzena de novembro, de 16 a 30 do mês, a temperatura de 11,3°C registrada em 20 de novembro de 2016 foi a mais baixa em 37 anos, desde o dia 28 de novembro de 1979, quando o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 10°C no Mirante de Santana.


Nesta segunda-feira (21), a madrugada foi um pouco menos fria, com termômetros marcando entre 12°C e 14°C. A previsão é de muito sol nesta tarde, o que faz a temperatura subir rapidamente. A máxima pode chegar aos 29°C na capital. Hoje e nos próximos dias ainda não deve chover na Grande SP.


O frio prolongado na primavera de 2016 está relacionado com o fenômeno La Niña que se observada no Pacífico Equatorial central e leste, onde a água do mar está com temperatura abaixo do normal. Mesmo sendo considerada uma La Niña fraca, o efeito "facilitador" da incursão de massas polares sobre a América do Sul está sendo observador. As massas polares estão chegando com mais frequência do que o usual e com mais força.


O ano de 2011 está entre anos de ocorrência de La Niña, mas curiosamente, 1979 foi um ano considerado de neutralidade e que terminou com tendência de aquecimento do Pacífico Equatorial.


A tabela mostra as anomalias (diferença em relação à média) da média da temperatura trimestral na região Niño 3.4, que a região do Pacífico de referência para o monitoramento dos fenômenos El Niño e La Niña.


O ano de 2016 começou sob influência de um dos El Niños mais fortes que já medidos desde o anos 1950 e termina sob influência de uma La Niña fraca e que deve determinar as características do próximo verão.


Fonte: https://www.climatempo.com.br/noticia/2016/11/20/sao-paulo-frio-atipico-em-novembro-3615


34 visualizações

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva