São Paulo teve as tardes de abril mais frescas em 29 anos


por Josélia Pegorim


Abril de 2017 teve mais chuva do que o normal e pode ser considerado chuvoso, especialmente se comparado a abril de 2016. As tardes de abril foram mais frescas do que o normal e muito menos quentes do que aquelas do tórrido abril de 2016.


Chuva acima da média


A chuva de abril de 2017 foi o maior destaque do mês. No balanço de abril de 2017 na cidade de São Paulo divulgado pelo Instituto Nacional de Meteorologia em de 2 maio, foram contabilizados 143,1 mm de chuva em 30 dias, um volume 78% acima da média normal de chuva para o mês que é de 80,2 mm, considerando o período de 1943 a 2016. Foi o nono abril com maior volume de chuva desde 1943. A chuva de abril de 2017 fica ainda mais relevante quando comparada a de abril de 2016, quando choveu apenas 2,4 mm em 30 dias, o segundo abril mais seco desde 1943. A média de dias com chuva em abril é de 9 dias e abril de 2017 teve O INMET 12 dias com registro de alguma chuva.


Recorde de chuva em 24h em abril


Pouco mais da metade de toda a chuva do mês caiu num temporal entre a noite do dia 6 e a madrugada de 7 de abril. O pluviômetro do Mirante de Santana, na zona norte da capital, registrou 82,1 mm de chuva entre 9h do dia 6 e 9h do dia 7 de abril, a maior quantidade de chuva em 24h em abril, de toda a série de medições iniciada em 1943, portanto em 74 anos de medições. O rio Tietê transbordou, o Centro Gerenciamento de Emergências da Prefeitura (CGE) contabilizou 23 pontos de alagamento no dia 6 e 42 pontos no dia 7 de abril.


Tardes frescas


Abril de 2017 teve alguns dias quentes em São Paulo, mas ninguém passou o mês incomodado pelo calor, reclamando de altas temperaturas. Foram 10 dias com temperaturas máximas entre 27°C e 30°C. A maior temperatura no mês foi de 30,4°C, no dia 5. Mas na conta final, a média das temperaturas máximas foi de 24,9°C, valor que ficou 0,5°C abaixo a média histórica de 25,4°C. Na média, as tardes de abril de 2017 foram as mais frescas em São Paulo para este mês em 29 anos. Em abril de 2016, a média das temperaturas máximas ficou em 29,5°C, o recorde histórico para abril.


O excesso de chuva e de nebulosidade em abril de 2017 explicam a média de temperatura máxima abaixo do normal.


Madrugadas pouco frias


O recorde frio de 2017, até o fim de abril, foi registrado no dia 29 de abril com a temperatura mínima de 13,4°C. Foi o resultado da passagem da primeira grande e forte massa de ar frio de origem polar sobre o Brasil.


A média das temperaturas mínimas registradas em abril de 2017 foi de 17,1°C e ficou 0,8°C acima do valor de referência para a temperatura mínima em abril que é de 16,3°C.


Mesmo com madrugadas mais quentes, a média das temperaturas mínimas de abril de 2017 foi a mais baixa desde 2013, quando a média das mínimas ficou em 16,4°C.


Fonte: https://goo.gl/tMqdeU


23 visualizações0 comentário

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva