Time-lapse captura fenômeno de “inversão de nuvens” no Grand Canyon


Ao longo de dois minutos e meio, as imagens mostram o que parece um tapete de nuvens.


O Grand Canyon por si só já é um dos lugares mais bonitos dos Estados Unidos. Agora imagine captar imagens deste desfiladeiro íngreme cortado pelo rio Colorado, no estado do Arizona, quando ele passa por fenômeno de inversão de temperatura. Pois foi isso que o projeto SKYGLOW fez e o resultado é incrível.



Ao longo de dois minutos e meio, as imagens mostram o que parece um tapete de nuvens – formando uma paisagem rara de se ver. Apesar de belo, o fenômeno meteorológico ocorre quando o ar quente, em altitures maiores, forma uma camada que mantém o ar frio e a poluição embaixo, mais próximos ao chão.



Ao site Gizmodo, o fotógrafo da SKYGLOW, Harun Mehmedinovic, afirma que a combinação de ar com umidade e condensação formam o fenômeno e que ele e sua equipe tiveram muita sorte de estar lá para captar o momento. Para as imagens, foram usadas duas câmeras Canon 5DSR e 5D Mark III. Posteriormente, combinaram imagens de várias viagens que realizaram no Grand Canyon durante um período de dois anos.


Assista o time-lapse abaixo:

Fonte: https://goo.gl/i5WkUD


56 visualizações

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva