Sul do BR vai terminar julho com frio e geada ampla

Por Paula Soares


Uma nova frente fria vai romper o bloqueio atmosférico que está impedindo o avanço de instabilidades sobre o Brasil. Essa frente fria vem acompanhada de uma massa de ar polar mais intensa, por isso a tendência é de queda acentuada de temperatura em muitas áreas do centro-sul do Brasil nos últimos dias de julho. A Climatempo prevê geada ampla na Região Sul, além de uma pequena chance de neve nas serras do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.


Ar frio de origem polar derruba as temperaturas

Na sexta-feira as temperaturas já vão diminuir de forma bem expressiva em relação aos dias anteriores. Vai esfriando cada vez mais ao longo do dia e as mínimas serão registradas à noite em grande parte do Sul.

O pico do frio é esperado para o sábado. A madrugada será bem fria e com previsão de geada ampla na Região. O litoral do Sul não deve registrar geada, assim como Porto Alegre, mas nas demais áreas indicadas no mapa, inclusive em Curitiba, há condição.





A chance de geada já diminui entre domingo e segunda, mas ainda não dá para descartar, especialmente em áreas de serra, planalto e baixadas.


Possibilidade de neve

Os modelos meteorológicos ainda oscilam bastante sobre a possibilidade de neve na região serrana de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul no dia 29 de julho, sexta-feira, mas não dá para descartar a chance de alguma precipitação invernal, como neve ou até chuva congelada no fim da tarde.



Resultado do neve categórica, GFS 18Z de 24/7/2022 mostrou neve no dia 29 de julho


3 visualizações0 comentário