Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos

INFORMATIVO

Mais de 80 locais no BR com temperatura negativa em 18/7/17

18/07/2017

 


por Josélia Pegorim 

 

A intensa massa de ar polar que chegou ao Brasil no dia 17 de julho de 2017 teve seu máximo de atuação até agora no dia 18 de julho. Temperaturas abaixo de zero foram registradas em dezenas de locais da Região Sul do Brasil e no sul de Mato Grosso do Sul.

 

Considerando as medições do INMET* e do Epagri-Ciram *, houve registro de temperatura negativa em 85 cidades. A menor temperatura medida no dia 18 de julho de 2017 pelas estações meteorológicas destas instituições foi 7,4°C negativos em Bom Jardim da Serra, na região do Morro da Igreja, às 3 horas da madrugada. Esta estação está localizada a 1810 metros de altitude e medição foi do INMET.

 

Esta massa polar é a mais forte que atingiu o Brasil até agora em 2017. Porém, é muito pouco provável que outra massa polar com esta força ou ainda mais intensa chegue ao país este ano.

 

Veja como está o Ranking do Frio Abaixo de Zero no Brasil em 2017

 

O termômetro do Ranking do Frio no Brasil 2017 só marca temperaturas abaixo de zero. Quanto mais frio, mais negativo, mais para baixo. As temperaturas negativas ficam do lado direito do termômetro, no meio a data e do lado esquerdo, a quantidade de locais que registraram temperaturas abaixo de zero. A temperatura que aparece ao lado de cada dia é a menor observada neste dia.

 

São consideradas as medições feitas pelo INMET* e pelo EPAGRI/CIRAM*, que podem ser facilmente verificadas por qualquer pessoa que tenha acesso a internet. Se há mais de uma medição na área de uma cidade, é considerada a mais baixa de todas as temperaturas.

 

Este termômetro será atualizado sempre que ocorrer alguma temperatura abaixo de zero medida por estas instituições.

 

*EPAGRI -  Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina/ CIRAM - Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina

INMET - Instituto Nacional de Meteorologia

 

Fonte: https://goo.gl/dNCCje

Please reload