É isso o que acontece quando alguém enfrenta ventos de 160km/h



Climatologia Geográfica


Você já enfrentou alguma ventania? Então, agora imagine ter que lidar com essa situação todos os dias no seu trabalho. Pois bem, é exatamente isso o que acontece no Observatório Washington. O Observatório Washington fica no topo de um monte com o mesmo nome, que fica em Nova Hampshire, nos Estados Unidos. O local possui uma das velocidades de ventos mais rápida do mundo.


Esse monte sempre fica no topo da lista dos locais com ventanias mais rápidas. O local, inclusive, já conseguiu alcançar a primeira posição, isto é, o Monte Washington já conseguiu ser o dono do recorde de maior velocidade do mundo, com 372 km/h, em 12 de abril de 1934.


Enfim, os observadores meteorológicos Mike Dorfma e Tom Padham, que trabalham no local, aproveitaram o clima do trabalho e uma forte ventania de 160 km/h que aconteceu no último dia 16 de maio para mostrarem a força do vento no local.


Mike, que é o cara que aparece no vídeo brincando com o ar, relatou sua experiência:


Vento no topo do monte é uma experiência que você pode descrever. Faz você compreender verdadeiramente que o ar é na verdade um fluido, e não um espaço vazio”.


O vídeo se encontra logo abaixo. Você pode pensar que o inverno está nos seus dias mais frios no vídeo, mas a verdade é que o verão já está chegado por lá.



3 visualizações

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva