De agosto de 2015 até maio de 2016: essa foi a sequência de meses mais quentes da história


Entre setembro de 2015 e o último mês de maio, se registrou a sequência de meses mais quentes da história, enquanto as previsões para 2016 mostram que os valores térmicos não param de subir. Os pesquisadores Kevin Cowtan e Robert Way afirmam que 2016 será o ano mais quente da história. Segundo Eles constatam, o período que se iniciou em Junho de 2015 e terminou em maio deste ano foi o mais quente, batendo, a cada mês, desde setembro do ano passado, o registro da temperatura.


De acordo com especialistas, este aumento de marcas térmicas responde não só ao fenômeno climático conhecido como El Niño, que aumenta a temperatura da superfície do oceano, mas também é por causa do aquecimento global causado pelo homem, relata o The Guardian.


Devido a estes fenômenos, o recorde registrado entre setembro de 1997 e agosto de 1998, considerado o período mais quente de doze meses, foi largamente superado e hoje figura na 60º posição, após os registros obtidos em 2005, 2006, 2007, 2009, 2010, 2014, 2015 e 2016. Na verdade, Cowtan e Way esclareceram que a temperatura da superfície atual é 0,3 graus Celsius acima a de 1997-1998.


Perante esta situação, salienta o portal, é necessário cumprir com o assinado de 195 países na última Cúpula sobre Mudança Climática, em Paris. Neste sentido, os especialistas advertem que “para reduzir o risco dos efeitos mais graves das mudanças climáticas, as emissões de gases de efeito estufa devem ser reduzidas substancialmente.”

Fonte: http://climatologiageografica.com.br/de-agosto-de-2015-ate-maio-de-2016-essa-foi-sequencia-de-meses-mais-quentes-da-historia/


0 visualização

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva