29 milhões de veículos a diesel da UE poluem mais que o permitido


Estudo diz que diversos motores estão até 3 vezes acima do nível tolerado. Acusada de fraude, Volkswagen não aparece entre piores.



Cerca de 29 milhões de veículos circulam na União Europeia com motores a diesel que emitem muito mais gases poluentes do que o limite autorizado aponta estudo da ONG Transport & Environment (T&E) divulgado na última segunda-feira (19).


A organização reuniu informações sobre 230 modelos de carros com base em dados públicos e dos governos de França, Reino Unido e Itália (veja o estudo completo, em inglês).


Segundo a T&E, 4 de cada 5 veículos que devem seguir as normas Euro 5 - vendidos entre 2010 e 2014 - emitem três vezes mais óxido de nitrogênio que o permitido. E ao menos dois terços que estão sob as normas Euro 6, vendidos a partir de 2015, também emitem três vezes mais poluentes do que o tolerado.


O óxido de nitrogênio (NOx), um dos principais poluentes resultantes da combustão do óleo diesel, é considerado responsável pela morte prematura de 72.000 europeus a cada ano, lembrou a T&E.


Só 'a ponta do iceberg'

Esses veículos "sujos" circulam, principalmente, na França (5,5 milhões), Alemanha (5,3 milhões), Reino Unido (4,3 milhões) e Itália (3,1 milhões).


Eles são apenas a "parte visível do iceberg", afirma a ONG, cujo objetivo é "revelar o número escandaloso de veículos a diesel 'sujos' nas estradas da UE e a baixa regulação das autoridades nacionais".


Ranking das marcas

O relatório coincide com o aniversário de 1 ano do escândalo da Volkswagen, que admitiu ter instalado dispositivos para fraudar os resultados dos testes de emissões de poluentes em milhões de seus veículos a diesel.


O levantamento incluiu carros da montadora alemã, porém, a Volkswagen não figurou entre os piores colocados.


A Renault-Dacia foi considerada a fabricante com os motores a diesel mais "sujos" para a norma Euro 5, segundo a T&E, com emissões até 8 vezes superiores ao permitido. Depois vieram Land Rover, Hyundai, Opel-Vauxhall (braço europeu da General Motors) e Nissan.


As melhores performances foram dos carros da Seat, marca espanhola que pertence ao Grupo Volkswagen, Honda, BMW/Mini, Ford e Peugeot, nesta ordem.


A Volkswagen ficou no meio do ranking, em 11º lugar entre 20 marcas.


Em relação ao Euro 6, os piores desempenhos foram de motores da Fiat, incluindo as marcas Alfa Romeo e Suzuki, para a qual a montadora fornece propulsores.


Depois vieram Renault/Dacia, Infiniti e Nissan (todas no mesmo grupo), Opel/Vauxhall, Hyundai e Mercedes-Benz.


Os melhores foram Volkswagen, Seat e Skoda e Audi, todas pertencentes ao Grupo Volkswagen, BMW/Mini e Mazda. Porém, a T&E ressaltou que o bom resultado para a Volkswagen não são a prova de que montadora "aprendeu a lição", pois seus motores padrão Euro6 chegaram ao mercado antes de o "dieselgate" estourar.


Fonte: http://g1.globo.com/carros/noticia/2016/09/29-milhoes-de-veiculos-diesel-da-ue-poluem-mais-que-o-permitido.html


0 visualização

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva