Chuva alaga áreas da Grande SP


Chuva forte sobre a Grande SP


por Maira Di Giaimo


A chuva forte que caiu no fim da tarde de segunda-feira (28), em vários locais da capital e da Grande São Paulo não foi generalizada, mas causou alagamentos em algumas áreas. A zona leste da capital foi a mais prejudicada pela chuva. O CGE - Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura - registrou três pontos de alagamento. O grande acúmulo de água podia ser observado no fim da tarde em frente das estações do metrô Bresser e do Carrão.



Pela medição do CGE , apenas entre 16h e 17h choveu 19,0 mm na Mooca, 16,5 mm na região da Sé, 14,2 mm no Ipiranga, 13,0 mm em Itaquera, 11,6 mm na região da Vila Formosa, 10,2 mm na Vila Prudente. Entre 15h e 16h choveu 17,0 mm na região de Capela do Socorro.


Tecnicamente estas quantidades de chuva são elevadas para um período de apenas 1 hora.


O SAISP - Sistema de Alerta e Inundações de São Paulo - registrou acumulados de chuva acima de 30 mm em algumas áreas da cidade de São Paulo.




A chuva forte elevou rapidamente o nível do córrego Rincão (divisa da zona leste com Guarulhos) que chegou na cota de alerta por volta das 17h17. Às 17h40 o nível deste córrego há havia normalizado. O córrego do Lajeado, em São Miguel Paulista, na zona leste da capital, estava na cota de alerta às 17h40, mas às 18h o nível da água já havia baixado e situação era de atenção.


Fonte: http://www.climatempo.com.br/noticia/2016/11/29/chuva-alaga-areas-da-grande-sp-4083


18 visualizações

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva