Pequim anuncia alerta laranja por poluição


Quando se declara o alerta laranja, ficam suspensas as atividades escolares ao ar livre e as indústrias são obrigadas a reduzir ou interromper sua produção.


As autoridades de Pequim anunciaram nesta quinta-feira (1) a ativação do alerta laranja por poluição - o segundo mais alto - a partir da meia-noite (14h de Brasília) e para os próximos três dias.


O alerta laranja, o segundo em uma classificação de quatro (vermelho, laranja, amarelo e azul), representa uma densidade de mais de 150 microgramas por metros cúbicos de ar de partículas PM 2,5, as mais prejudiciais para a saúde, durante três dias consecutivos.


Apesar de a Organização Mundial da Saúde (OMS) estabelecer um limite máximo recomendado de 25 microgramas, os medidores de poluição de Pequim marcam atualmente um nível de 34.


Os alertas laranja e vermelho devem ser emitidos pelo menos 24 horas antes que a poluição alcance os picos máximos.


Quando se declara o alerta laranja, ficam suspensas as atividades escolares ao ar livre e as indústrias são obrigadas a reduzir ou interromper sua produção, além de restrições em obras públicas e nas atividades de construção.


Também há limitações ao trânsito de veículos e se recomenda à população que não saia de casa se não for imprescindível, especialmente crianças e idosos.


A previsão é que uma frente fria chegue à capital da China no próximo domingo pela tarde e disperse a poluição, segundo as autoridades meteorológicas locais.


Fonte: http://g1.globo.com/natureza/noticia/pequim-anuncia-alerta-laranja-por-poluicao.ghtml



7 visualizações

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva