Chuvas ganham força na região Norte


Alta da Bolívia, calor e umidade geram chuva volumosa em grande parte dos Estados até o Natal




Por Monique Gentil



Um bloqueio atmosférico atua sobre o Sudeste e impede a passagem de frentes frias mantendo-as na região Sul ao longo desta semana, o sistema também deve empurrar a Alta da Bolívia, que provoca temporais no Centro-Norte do país, mais para oeste. Ainda assim, a previsão da Somar Meteorologia indica que o fenômeno vai continuar a provocar chuvas intensas e volumosas em grande parte da região Norte até o final da semana.


De acordo com o meteorologista da Somar, Celso Oliveira, as chuvas ocorrem principalmente no período da tarde e são intensificadas pela umidade da Amazônia, além das temperaturas elevadas, uma vez que as máximas ficam acima dos 30ºC em toda a região até o Natal.


“O único local que deve receber uma quantidade menor de chuva é o Tocantins, onde o tempo seco predomina principalmente no leste e sul do Estado”, comenta Oliveira. “No litoral, as cidades de Belém e Macapá, por exemplo, até chegam a registrar chuva, mas os períodos de melhoria são mais duradouros”.


Fonte: http://www.tempoagora.com.br/dia-a-dia/chuvas-ganham-forca-na-regiao-norte/


0 visualização

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva