Rio teve janeiro de 2017 3,5ºC mais quente que mesmo mês em 2016


Estimativa era de temperaturas mais amenas, no entanto a média de calor foi de 35,4°C. motivo, segundo os meteorologistas, foi um bloqueio de ar quente, que não deixava a chuva chegar no Rio.


Ao contrário do que previam os especialistas, o mês de janeiro deste ano foi 3,5°C mais quente do que o mesmo período em 2016, de acordo com um levantamento feito pelo RJTV. A estimativa era de temperaturas mais amenas, no entanto a média de calor foi de 35,4°C. Maior que os 31,9°C de temperatura média no ano passado. O motivo, segundo os meteorologistas, foi um bloqueio de ar quente, que não deixava a chuva chegar, e também porque choveu de forma muito irregular. Muito na Baixada Fluminense e na Região Serrana e pouco na capital, por isso os dias foram mais quentes. Mesmo com este resultado, o último dia do mês teve uma temperatura razoável no Rio. A máxima registrada nesta terça-feira (31) foi de 34°C. Além disso, no início da noite foram registrados alguns pontos com chuva na cidade. De acordo com o sistema Alerta Rio, houve pancadas de chuva nas zonas Sul e Norte. A previsão para o primeiro dia de fevereiro é de um dia típico de verão: máxima de 36ºC com possibilidade de chuva isolada no fim do dia.


Fonte: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/rio-teve-janeiro-de-2017-35c-mais-quente-que-mesmo-mes-em-2016.ghtml


0 visualização

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva