Brasília já recebeu quase 80% da chuva do mês


por Josélia Pegorim

A chuva de fevereiro está sendo generosa com Brasília até agora. Desde o início do mês só não choveu em dois dias. Em 13 dias, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, Brasília acumulou 79% da média de chuva para fevereiro. O total de chuva foi de aproximadamente 169 mm e a média é de 215 mm.


A região de Brasília e o norte de Goiás estão tendo chuvas frequentes e por vezes fortes desde o início do mês, mas que ainda foram insuficientes para reverter o quadro da grave crise hídrica pela qual passa do Distrito Federal.




O racionamento de água está em vigor desde janeiro para todas as áreas abastecidas pelo reservatório do Descoberto, o maior da capital federal. O calendário dos cortes faz com que a população fique completamente sem água em 1 a cada seis dias, em dois dias ocorre a estabilização e em três dias o fornecimento é normal.


O racionamento não tem data para terminar, por enquanto.


Água do Paranoá


Um dos cartões postais de Brasília, o lago Paranoá, poderá ajudar a amenizar a crise hídrica na região de Brasília. Nesta segunda-feira, 13, segundo a Agência Brasil de notícias, o governador do DF entregou ao ministro da Integração Nacional um plano para execução de obras para captação de água no lago Paranoá.


A proposta é retirar 700 litros de água por segundo do Paranoá para reforçar o abastecimento das áreas que são atendidas pela Barragem do Descoberto.


Chuva vai diminuir


As previsões de chuva para Brasília não são das mais animadoras. Ainda com regularidade e até forte nas próximas 48 horas, mas a partir da quinta-feira, 16, a tendência é da diminuição das condições para chuva.


Um sistema de alta pressão atmosférica conhecido como ASAS - Alta (pressão) Subtropical do Atlântico Sul - ganha muita força sobre o Brasil até o fim da semana. A ASAS reduz a nebulosidade e a chuva.


Fonte: http://www.climatempo.com.br/noticia/2017/02/13/brasilia-ja-recebeu-quase-80-da-chuva-do-mes-8267


0 visualização

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva