BR terá frio abaixo de zero no fim da semana


por Josélia Pegorim


As primeiras temperaturas abaixo de zero de 2017 devem ser observadas no fim da semana, quando o centro de uma forte massa de ar polar passar sobre a Região Sul.


A primeira massa de ar de origem polar com características de inverno de 2017 começa a influenciar o Brasil na quarta-feira, 26 de abril. O poder de resfriamento desta massa polar é grande porque o frio chega seco ao país. O ar polar passa pela cordilheira dos Andes e chega ao interior da Argentina seguindo rapidamente para o norte deste país e para o Paraguai sem se misturar com a umidade marítima. Antes de ir para o mar, o centro da alta pressão associada com esta massa polar vai passar exatamente sobre a Região Sul entre os dias 27 e 29 de abri. O cento de uma massa de ar polar é a região onde o frio e mais intenso e por isto a queda de temperatura sobre a Região será muito acentuada


Frio abaixo de zero


A passagem do centro da massa de polar sobre a Região Sul vai causar uma forte subsidência do ar que vai dissipar praticamente toda a nebulosidade. Esta falta de nebulosidade vai acentuar ainda mais o resfriamento do ar, deixando as madrugadas dos dias 27, 28 e 29 de abril muito geladas.

As cidades das serras gaúcha e catarinense devem experimentar pela primeira vez este ano o frio de temperaturas abaixo de zero.


Geada


O frio intenso vai provocar a primeiras geadas de 2017 em áreas relativamente amplas e com moderada a forte intensidade em alguns locais. Os agricultores devem ficar atentos! Pode gear também no sul do Paraná, mas a chance de gear em Curitiba ainda é baixa, embora a temperatura caia muito. A chance de gear no sul de Mato Grosso do Sul também é baixa, mas várias áreas na região vão ter pela primeira vez este ano temperaturas abaixo de 10°C. Temperaturas abaixo dos 10°C devem ser observadas em locais de São Paulo próximos da divisa com o Paraná.


Neve


Não há condições para nevar por enquanto. Embora esta massa polar chegue forte ao Brasil, o ar ainda não estará suficientemente gelado para a formação de cristais de gelo nas nuvens.


Fonte: https://goo.gl/ZqVALy


29 visualizações

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva