Nasa elege as 17 melhores plantas para limpar o ar


Agência ainda detalhou alguns dos poluentes do ar que rondam a todos e os perigos para a saúde humana.

No final dos anos 80, a agência espacial americana, NASA, procurava maneiras de desintoxicar o ar em suas estações espaciais. Foi assim que realizou um estudo para determinar quais plantas seriam mais eficazes na filtragem da poluição cujo resultado, publicado em 1989, foi resumido em uma lista.


A Nasa ainda detalhou alguns dos poluentes do ar que rondam a todos e os perigos para a saúde humana, confira abaixo:


Tricloroetileno é encontrado em tintas de impressão, tintas, lacas, vernizes, adesivos e removedores de tinta. Os sintomas associados à exposição a curto prazo podem incluir excitação, tontura, dor de cabeça, náuseas e vômitos, seguidos de sonolência e coma.


Formaldeído pode ser encontrado em sacos de papel, papéis encerados, tecidos faciais, toalhas de papel, painéis de madeira compensada e tecidos sintéticos. Os sintomas associados à exposição a curto prazo podem incluir irritação no nariz, boca e garganta, e em casos graves, inchaço da laringe e pulmões.


Benzeno é usado para fazer plásticos, resinas, lubrificantes, detergentes e drogas. Também é encontrado no fumo do tabaco, cola e cera de móveis. Os sintomas associados à exposição a curto prazo podem incluir irritação nos olhos, sonolência, tontura, dor de cabeça, aumento da frequência cardíaca, dores de cabeça, confusão e, em alguns casos, pode resultar em inconsciência.


Xileno pode ser encontrado em borracha, couro, fumo de tabaco e escapamento de veículo. Os sintomas associados à exposição a curto prazo podem incluir irritação na boca e na garganta, tontura, dor de cabeça, confusão, problemas cardíacos, danos no fígado e nos rins e coma.


Amônia é muitas vezes encontrado em limpadores de janelas, ceras de chão, sais e fertilizantes. Os sintomas associados à exposição a curto prazo podem incluir irritação ocular, tosse e dor de garganta.


Agora abaixo segue a lista compilada pela Nasa que mostra quais são as melhores plantas filtrantes para ter em casa:


  • Tamareira-anã (Phoenix roebelenii)

  • Samambaia-americana (Nephrolepis exaltata)

  • Samambaia Kimberly (Nephrolepis obliterata)

  • Clorofito (Chlorophytum comosum)

  • Café-de-salão (Aglaonema modestum)

  • Palmeira de Jardim (Dypsis lutescens)

  • Figueira-Benjamim (Ficus benjamina)

  • Jiboia (Epipremnum aureum)

  • Antúrio (Anthurium andreanum)

  • Palmeira-dama (Rhapis excelsa)

  • Gérbera (Gerbera jamesonii)

  • Dracena (Dracaena fragrans)

  • Hera (Hedera helix)

  • Espada-de-são-jorge (Sansevieria trifasciata)

  • Dragoeiro de Madagascar (Dracaena marginata)

  • Crisântemo (Chrysanthemum morifolium)Lírio-da-paz (Spathiphyllum wallisii)


Fonte: https://goo.gl/lAaDzI


45 visualizações

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva