São Paulo sem chuva há quase um mês


por Redação Climatempo


A cidade de São Paulo amanheceu esta terça-feira mais poluída. Segundo a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo(CETESB), a qualidade do ar às 6h era muito ruim em Congonhas.


Às 8h não havia mais nenhuma estação com qualidade do ar muito ruim, no entanto, a qualidade do ar segue moderada nas estações Marginal Tietê, Osasco, Pinheiros, Grajaú-Paralheiros, Guarulhos, Itaim Paulista, Parque D. Pedro, Cid.Universitária-USP-Ipen, Santana e Moóca.


Desde quando não chove em São Paulo?

A qualidade do ar piorou por causa da falta prolongada de chuva e também da atuação de um sistema de alta pressão atmosférica que facilita a ocorrência da inversão térmica. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia(INMET), a última chuva significativa sobre a cidade foi entre os dias 13 e 14 de junho.


Frente fria à vista!

O sol e o tempo seco predominam no estado de São Paulo nesta terça-feira. Não há condições para chuva em nenhuma região paulista e o céu fica com pouca ou nenhuma nebulosidade quase o dia todo.


Uma frente fria passa nesta quarta-feira pelo litoral paulista mas não provoca grandes mudanças, ainda não terá chuva, só há previsão de um pouco de vento que poderá ajudar a dispersar parte da poluição. A expectativa da chuva aumenta só entre 17 e 19 de julho quando se espera pela passagem de uma frente fria mais forte.


Fonte: https://goo.gl/eNMoVh


24 visualizações

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva