Maceió registra maior chuva em 24h para janeiro desde 2012


por Josélia Pegorim


A chuva forte que caiu sobre Maceió na madrugada e manhã desta terça-feira, 23 de janeiro, deixou alagamentos em vários bairros. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 89,0 mm acumulados entre 10 horas do dia 22 e 10 horas do dia 23 de janeiro, mas a chuva caiu toda depois da meia-noite desta terça-feira.


O volume de chuva que caiu sobre Maceió é fora do comum para esta época do ano, pois janeiro é um mês de pouca chuva. O período mais chuvoso do ano, é entre abril e julho, meses em que é comum ocorrerem chuvas volumosas. Pelos registros históricos do INMET, o total de 89,0 mm foi o mais elevado para 24 horas em janeiro em 6 anos, desde janeiro de 2012. Entre os dias 19 e 20 de janeiro de 2012 choveu 90,4 mm.


Maceió recebeu em menos de 24 horas a chuva normal para todo o mês de janeiro. A média de chuva para janeiro fica em torno dos 80 mm.


O que provocou a chuva intensa?


A chuvarada em Maceió foi provocada por nuvens carregadas que se desenvolveram sobre o mar, entre o litoral de Alagoas e de Pernambuco, mas que aos poucos avançaram em direção ao continente. Além de muita chuva, estas nuvens também provocaram raios nesta região do Nordeste.


Além do litoral de Alagoas, as nuvens carregadas também provocaram pancadas de chuva também pelo litoral de Pernambuco, incluindo a região metropolitana de Recife, mas a chuva por lá não foi intensa como na região de Maceió.


Desde a segunda-feira, 22 de janeiro, uma mudança na circulação dos ventos em altos níveis da atmosfera, em torno de 10 mil metros de altitude, vem estimulando a formação de aglomerados de nuvens carregadas em vários locais do Nordeste.


Temporais no Piauí


O Piauí também começou a semana com chuvas volumosas. Segundo Instituto Nacional de Meteorologia, entre 10 horas do dia 22 e 10 horas do dia 23 de janeiro, hora de Brasília, choveu 82,8 mm em Esperantina, no norte do Piauí. Mais da metade da chuva, 56,4 mm, caiu em 1 hora no fim da tarde do dia 22. Em Teresina, capital do Piauí, uma forte pancada na noite do dia 22 causou 25 mm de chuva.


Chuva aumenta no Nordeste


A mudança na circulação dos ventos em níveis elevados da atmosfera que começou a ocorrer sobre o Nordeste neste início de semana favorece o aumento da umidade sobre a Região, o que facilita a formação das nuvens de chuva. No decorrer desta semana, o litoral e o interior do Nordeste terá pancadas de chuva e algumas podem até ser fortes. Porém, a chuva vai se concentrar em pequenas áreas. Não é uma situação de chuva prolongada e persistente.


Para Maceió, e para a maioria das áreas de Alagoas, ainda há previsão de pancadas de chuva até a quinta-feira, mas que não vão ser suficientes para elevar o nível dos reservatórios para abastecimento de água.


Bahia


O sul e o leste da Bahia serão as áreas menos beneficiadas com chuva esta semana. No oeste do estado, as pancadas de chuva devem recomeçar só durante a próxima quinta-feira, 25 de janeiro.


Fonte: https://goo.gl/Ak54W5


33 visualizações0 comentário