ZCIT ainda causa chuva na faixa norte do Brasil


Fenômeno continua posicionado no Hemisfério Sul e provoca chuvas acima da média em cidades da região


As regiões Norte e Nordeste do Brasil têm registrado excesso de chuva nos últimos dias por conta da presença da ZCIT (Zona de Convergência Intertropical). As cidades mais afetadas estão localizadas no extremo norte dessas regiões, em sua maioria com acumulados de chuva próximos ou até mesmo acima do esperado durante todo o mês de abril.


Segundo o CEMADEN (Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais), a capital Teresina (PI), registrou 301,4 mm até esta terça-feira (17), o que equivale a quase o dobro da média do mês. Na região Norte a situação não é muito diferente. Segundo dados da estação do INMET (Instituto Nacional de Meteorologia), em Belém (PA) o acumulado registrado de 262,4mm está apenas 32% abaixo do esperado para o mês que é de 380,8mm.


A previsão da Somar Meteorologia é de que a chuva ainda aconteça nos próximos dias, porém com volumes menores comparados ao início do mês, isto porque a temperatura da superfície do mar no Hemisfério Sul está mais alta do que no Hemisfério Norte e com isso, o posicionamento da ZCIT ainda é mais ao sul do Equador. Conforme o verão se aproxima no Hemisfério Norte, as águas do oceano se aquecem por lá e a ZCIT se desloca nesta direção. Consequentemente, a chuva no norte do Brasil perde a influência desse sistema meteorológico.


Fonte: https://goo.gl/WtvR9e


24 visualizações0 comentário

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva