Brasil não terá o inverno mais frio dos últimos 100 anos


Boato começou a circular na internet neste final de semana, mas não tem embasamento


Por Luiza Calegari



São Paulo – Amigos e familiares compartilharam nas suas redes sociais que o Brasil terá o inverno mais frio dos últimos 100 anos? Vá avisá-los que a notícia é falsa.


Segundo a Climatempo, a probabilidade é exatamente oposta: os meteorologistas estão esperando um inverno até um pouco mais quente do que a média.


Neste momento, segundo os metereologistas, as águas do oceano Pacífico estão “ligeiramente mais quentes do que o normal”. Com isso em vista, por ora, não se espera a formação do fenômeno El Niño. “Sob esta condição, espera-se por um inverno dentro da normalidade, ou até mesmo ligeiramente mais quente do que o normal”, diz a nota.


O El Niño é um aquecimento anormal do oceano Pacífico que deixa secos o Norte e o Nordeste do Brasil, provoca muita chuva no Sul e deixa Sudeste e Centro-Oeste mais quentes.


Alexandre Nascimento, um dos especialistas em análise climática da Climpatempo, afirma que não há nenhuma mudança no oceano nem na atmosfera que indiquem um resfriamento fora do normal no outono/inverno de 2018 na América do Sul.


“Estas condições oceânicas são parecidas com o que se observou no outono/inverno do ano passado, que não teve eventos extremos. Vamos ter, sim, alguns eventos de frio intenso, alguns dias de geada forte no Sul, algum evento de geada em estados como Mato Grosso do Sul e São Paulo, mas nada muito fora do que normalmente ocorre nestas estações.”


Fake news

O texto que estava circulando pelas redes tem todas as características de fake News, apontadas pelo Boatos.org.


O texto tem alguns erros de português (faltam acentos) e gramática (sem concordância de plurais). Além disso, não cita nenhuma fonte confiável; por exemplo, fala em “simulações atmosféricas”, mas sem informar quem as fez.


Fonte: https://goo.gl/sCpm5r


57 visualizações0 comentário