Temperaturas sobem no Sudeste no último dia do outono


Toda a Região Sudeste pode esperar por sol e temperaturas agradáveis para a despedida do outono. O ar fica mais seco nesta quarta-feira (20), afastando a possibilidade de chuva. O inverno começa oficialmente às 7h07, pelo horário de Brasília, na quinta-feira, dia 21.


A massa de ar polar, que trouxe frio para áreas do Sudeste no fim de semana, está se afastando para alto mar. Com a mudança na direção dos ventos, a umidade entra em queda e as temperaturas voltam a subir. O outono termina com o tempo bem típico da estação por quase toda a Região Sudeste: friozinho na madrugada, predomínio de sol e céu azul, com poucas nuvens e temperaturas amenas durante à tarde.


A temperatura baixa na madrugada deve favorecer a ocorrência de névoa e até nevoeiro em diversas áreas do leste de São Paulo, do sul e leste de Minas Gerais e do Rio de Janeiro, incluindo os vales e serras, além da Grande São Paulo e do Grande Rio.


O sol tende aparecer ainda pela manhã e predomina ao longo desta quarta-feira por todo o estado de São Paulo, o Rio de Janeiro e Minas Gerais. Apenas o Espírito Santo, ainda deve permanecer com bastante nebulosidade, algumas aberturas de sol, mas sem previsão de chuva. As temperaturas sobem um pouco mais em todas as capitais. A Climatempo prevê máximas em torno dos 25°C em São Paulo, 28°C no Rio de Janeiro, 24°C em Belo Horizonte e 26°C em Vitória.


Como fica o tempo na entrada do inverno?


"A tendência agora, serão de dias mais estáveis com a volta do predomínio de uma massa seca", explica a meteorologista Fabiana Weykamp. Nos primeiros dias do inverno, que começa na quinta-feira (21), a previsão é de um pouco de frio na madrugada e temperaturas agradáveis à tarde, sem muito frio e nem muito calor.


Até o final da semana, os termômetros vão subir mais. "O primeiro fim de semana do inverno será até quente para os padrões da estação com sol forte e calor à tarde em toda a Região Sudeste. Muito diferente do último fim de semana do outono, onde o tempo ficou úmido e frio, principalmente em São Paulo e no Rio de Janeiro", completa Weykamp.


Fonte: https://goo.gl/uM591q


13 visualizações

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva