Em Noronha para campeonato de surfe, Gabriel Medina ajuda a recolher lixo da praia


Surfista brasileiro e bicampeão mundial postou foto após dia de praia na ilha: 'Vamos todos fazer a nossa parte'. Ilha enfrenta desafios com o tratamento de resíduos sólidos.


Gabriel Medina está em Fernando de Noronha para um campeonato de surfe, mas entre um treino e outro deu o bom exemplo e ajudou a recolher o lixo das praias: "Vamos todos fazer nossa parte e deixar as praias e oceanos limpos".


Nesta terça-feira (19) teve início o Hang Loose Pro Contest, o evento mais tradicional do surfe brasileiro, que acontece na praia Cacimba do Padre.


Com 100 mil visitantes por ano – recorde alcançado em 2018 -, Noronha tem de lidar com os impactos desse turismo. Um deles é o lixo. Por mês, são coletadas, em média, 220 toneladas de lixo em Noronha, mas este número pode chegar a 280 toneladas em meses como dezembro, quando o número de visitantes aumenta.


Atualmente, a usina de resíduos sólidos local faz a separação e recicla só uma pequena parte no local: vidro e parte do lixo orgânico. O restante é mandado para Recife, de barco.


A partir de abril, o plástico descartável estará banido da ilha. Copinhos, canudos, sacolas e talheres não poderão ser vendidos e nem levados para Noronha. Esta não é a primeira vez que uma medida dessas é implementada em Noronha, mas desta vez há previsão de multa para quem descumprir as regras.


Fonte: https://goo.gl/LK3dS8


8 visualizações0 comentário