Há tanto CO2 na atmosfera que plantar árvores já não pode nos salvar


por Gabriela Glette


A concentração de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera – responsável pelo aquecimento global, vem alcançando níveis recordes a cada ano. O gás que mais contribui para o efeito estufa vem da atividade industrial, fabricação do cimento, queimadas, queima de combustíveis fósseis, entre outras coisas. A questão é tão grave que, 195 países se comprometeram a reduzir emissões de gases de efeito estufa no Acordo de Paris, adotado durante a Conferência das Partes – COP 21, em Paris, em 2015. Uma das principais medidas que podemos tomar é plantar árvores, porém estudos dizem que elas já não poderão nos salvar, pelo menos não sozinhas.


Se plantarmos cerca de 1,7 bilhão de acres de árvores, reduziríamos apenas 10% das emissões de gás carbônico. Para salvar o planeta seria necessário muito mais do que isso. Diante deste imenso desafio, o que fazer? O site Tech Insider produziu um vídeo com o intuito de alertar a população em relação ao aquecimento global e nosso próprio papel frente a ele.


Não existe apenas uma solução, porém um conjunto de ações tomadas entre governos e a população, afinal este é um problema de todos. Você sabia que, depois da água, o cimento é o material feito pelo homem mais amplamente usado que existe e ele é fonte de aproximadamente 8% das emissões mundiais de CO2? As árvores podem nos ajudar, mas é necessário soluções drásticas e criativas, para que possamos substituir materiais, porém, sobretudo, atitudes.


Fonte: http://bit.ly/2XBzqQ3



17 visualizações0 comentário

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva