Relatório da Organização Meteorológica Mundial sobre o Clima Global em 2020



A mudança climática continuou implacável em 2020, que deve ser um dos três anos mais quentes já registrados.


De acordo com a Organização Meteorológica Mundial, 2011-2020 também ficará registrada como a década mais quente, com os seis anos mais quentes desde 2015.


O calor do oceano está em níveis recordes e mais de 80% do oceano global experimentou uma onda de calor em algum momento de 2020, com repercussões generalizadas para os ecossistemas marinhos que já sofrem com águas mais ácidas devido à absorção de dióxido de carbono (CO2).


O relatório, que se baseia em contribuições de dezenas de organizações internacionais e especialistas, mostra como eventos de alto impacto, incluindo calor extremo, incêndios florestais e inundações, bem como a temporada recorde de furacões no Atlântico, afetaram milhões de pessoas, agravando ameaças aos humanos saúde e segurança e estabilidade econômica representada pela pandemia de COVID-19.


Apesar do bloqueio do COVID-19, as concentrações atmosféricas de gases de efeito estufa continuaram a aumentar, comprometendo o planeta a um aquecimento ainda maior por muitas gerações por causa da longa vida útil do CO2 na atmosfera, de acordo com o relatório.

25 visualizações0 comentário

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva