A cada semana ocorre uma tragédia climática, afirma ONU


Segundo a entidade, as medidas não podem ser só de longo prazo – é preciso agir agora.


Nem todos os desastres causados pelas alterações climáticas do planeta ganham cobertura mundial na mídia. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), toda semana um tipo de evento, ainda que de menor impacto, acontece em algum canto do planeta. Entre os efeitos estão mortes, deslocamento e sofrimento.


De acordo com a ONU, esses eventos estão acontecendo com muito mais frequência do que se previa. Para Mami Mizutori, representante especial do secretário-geral da ONU, as mudanças climáticas não são sobre o futuro, mas sobre hoje. “A adaptação à crise climática não pode mais ser vista como um problema de longo prazo, precisa de investimento agora” afirmou Mizutori ao The Guardian. "As pessoas têm que conversar mais sobre adaptação e resiliência".


E também é necessário investir. Em áreas mais vulneráveis a inundações, secas e tempestades, por exemplo, é urgente apostar em habitação, redes rodoviárias e ferroviárias, fábricas e abastecimento de energia e de água.


Até agora, a maior parte do foco do trabalho na crise climática tem sido o corte das emissões de gases do efeito estufa – que, sim, é uma medida importante, mas de longo prazo. Precisamos também olhar para o que está acontecendo agora e encontrar saídas para minimizar riscos.


E, segundo Mizutori, isso deve ser feito para já. “Falamos sobre uma emergência climática e uma crise climática, mas se não pudermos confrontar isso [a questão da adaptação aos efeitos] nós não sobreviveremos”, disse ela ao Guardian.

Muitos dos desastres de menor impacto seriam evitáveis ​​se as pessoas fossem avisadas sobre mau tempo, se os governos mapeassem quais áreas são vulneráveis e, claro, investissem em infraestrutura.


Fonte: https://glo.bo/2LLFCSK


17 visualizações

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva