Enchentes nos EUA deixam centenas de desabrigados


Chuvas aumentaram níveis dos rios nos estados de Mississippi e Tennessee, e centenas de pessoas tiveram de deixar suas casas.


Após chuvas fortes em diversas partes dos Estados Unidos no fim de semana, cidades no Mississippi e no Tennessee registraram inundações nesta segunda-feira (17). Centenas de pessoas tiveram de deixar suas casas e ainda estão desabrigadas, segundo a agência Associated Press.


Em coletiva de imprensa, o governador do Mississippi, Tate Reeves, pediu que moradores aguardassem antes de retornar às suas casas. A situação foi mais grave ao redor da capital do estado, Jackson, onde o Pearl River registrou uma cheia de 11,3 metros acima do nível normal. Cerca de 1 mil casas foram atingidas.


"Por favor, não volte ao seu bairro ou à sua casa até que as autoridades deem um 'OK'", pediu o governador Reeves.


Na cidade de Jackson, moradores usaram até canoas, caiaques e barcos de pesca para socorrer as pessoas ilhadas nas casas inundadas. Apesar da gravidade das enchentes, não há registro de mortos ou desaparecidos. Autoridades precisaram fazer 16 operações de busca e salvamento, mas não houve danos mais graves às pessoas.



No Tennessee, casas na cidade de Savannah ficaram cobertas pelas inundações. No sábado (15), houve deslizamento, e ao menos duas casas desabaram. Até a última atualização desta reportagem, não havia relatos de feridos ou mortos.


"É um jogo de xadrez que jogamos com a natureza", afirmou Jim Hopson, porta-voz da Autoridade do Vale do Tennessee.


Fonte


#Chuva #EstadosUnidos

7 visualizações

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva