Avenida da praia vira um rio após ressaca no litoral de SP


Mar avançou na manhã deste domingo (5) e chamou a atenção de moradores

A alta da maré resultou em uma forte ressaca que atingiu as praias do litoral de São Paulo neste fim de semana. A ressaca atingiu várias cidades da região, como Santos, Praia Grande, São Vicente e Guarujá, além de Bertioga. As imagens gravadas em Bertioga, pelo morador Roberto Zaidan, mostram a água na Avenida Tomé de Souza, no Centro.

Assista ao vídeo

Ele relata que decidiu ir até a praia da Enseada para ver como estava a situação do mar, devido ao alerta. Quando chegou na via, se deparou com água invadindo o local. “Perto do horário de pico, decidi ir para o Forte São João para ver como estava a barra de Bertioga. Fiquei preocupado com a minha canoa que estava lá. Resolvi filmar para mostrar a força da natureza”, afirma Roberto.

Em um dos trechos do vídeo, é possível ver as fortes ondas baterem nas paredes da fortificação, no canto da praia da Enseada. Em outro ponto, as imagens mostram a água invadindo parte da avenida, que virou praticante um rio.

Em Santos, o mar invadiu o trechos do calçadão e houve alagamento. A ressaca provocou o assoreamento dos canais 1, 2 e 3, fenômeno que ocorre em condições climáticas de baixa temperatura e alta de maré.

Já em São Vicente, ondas gigantes foram registradas na praia do Gonzaguinha, onde a água encobria a faixa de areia e batia na contenção. A Rua Antonio Rodrigues e as avenidas Dom Pedro II e Augusto Severo ficaram alagadas. Em Guarujá, no Canto do Tortuga, na Praia da Enseada, o mar também invadiu o calçadão e espalhou pedras e areia pela extensão do local.

Ressaca

O Núcleo de Pesquisas Hidrodinâmicas (NPH) da Universidade Santa Cecília (Unisanta), previu a agitação marítima e a ressaca, devido à uma frente fria que chegou na região da Baixada Santista. Além de ondas de mais de dois metros, um aumento de 60 centímetros em relação a tábua da maré já era esperado.

Na madrugada de sábado (4), os sensores da Praticagem de São Paulo registraram ondas acima de 3 metros e pico de 4,1 metros na Ilha das Palmas. Além disso, o nível do mar atingiu 2,1 metros na Baía de Santos e 2,3 metros no interior do estuário.

Fonte

#Mar #Ressaca #Praia

14 visualizações

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva