Maio: primeiras ondas de frio e chuva mais intensa são os destaques para o Brasil


Confira com o Meteorologista Celso Oliveira os principais destaques para o Brasil neste mês de maio

Após o abril seco no centro e sul do Brasil, a entrada das primeiras ondas de frio e a intensificação da corrente de jato (ventos fortes em altitude) trazem chuvas mais intensas em maio.

De uma forma geral, as simulações europeia e americana indicam o mesmo cenário com precipitações mais intensas que o normal para época do ano no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e em partes de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Ainda de acordo com a simulação europeia, a maior parte da precipitação acontecerá na segunda quinzena de maio, período em que também há previsão de declínio mais acentuado da temperatura.

E falando em temperatura…

Após uma primeira quinzena de abril com temperatura abaixo da média entre o Sul e Sudeste, as ondas polares chegarão com cada vez mais frequência e intensidade. Tanto que a previsão para maio é de temperaturas mais baixas que o normal em boa parte do centro e sul do Brasil.

No Norte e Nordeste, espera-se uma condição típica de maio, ou seja, intensificação da chuva no leste do Nordeste, manutenção das fortes precipitações sobre a costa norte do Nordeste e boa parte da Região Norte e aparecimento do período seco prolongado no interior do Nordeste e Tocantins (além de áreas de Minas Gerais, Goiás e leste de Mato Grosso).


Fonte

#Temperatura #Frio #Chuva #Brasil #Outono

36 visualizações0 comentário

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva