Violenta tempestade de granizo provoca grandes estragos na Argentina

Granizo do tamanho de bolas de golfe as regiões da Argentina de Santa Clara del Mar e do norte do Mar del Plata. O fenômeno foi alertado horas antes pelo Serviço Nacional de Meteorologia. Não houve feridos, mas muito danos materiais.


Por Christian Garavaglia e Tiago Robles - Tempo.com


Uma intensa queda de granizo ocorreu repentinamente no último domingo (19), após o meio dia em diferentes na Argentina, no Mar del Plata, Santa Clara del Mar e regiões rurais vizinhas, deixando pedras do tamanho de bolas de golfe.



Foto: Dr. Rodolfo Giraldez/Twitter



O evento ocorreu devido à formação de tempestades isoladas em uma porção do sudeste da província de Buenos Aires, na condição do avanço de uma frente quente pelo centro do país vizinho.


O Serviço Meteorológico Nacional havia antecipado nessa região a provável ocorrência de fortes tempestades com rajadas de vento e granizo ocasional, através de um primeiro aviso de curto prazo emitido na região às 10h52 e renovado 3 horas depois.



A região onde o maior granizo caiu foi em Santa Clara del Mar. Pedras de menor tamanho, também foram registradas na porção central do Mar del Plata, onde várias pessoas relataram a queda do hidrometeoro junto com a presença do sol.


A forte tempestade, felizmente, não deixou feridos, mas causou muitos danos materiais, como vidros quebrados e amassados na lataria dos carros.



Em uma estrada, se destacou a quantidade de granizo acumulado, deixando a via totalmente branca, imagem incomum da qual vários motoristas registraram e compartilharam nas redes sociais.

0 visualização

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva