Chuva forte deixa quatro mortos no Recife e em Olinda

Três óbitos foram em Olinda e o outro ocorreu na capital pernambucana. Em 6 horas, choveu 200 milímetros, equivalente a 67% da média do mês. Do G1 PE O temporal que caiu no Grande Recife deixou quatro pessoas mortas, nesta segunda-feira (30). Três delas foram vítimas de um deslizamento de barreira registrado em Águas Compridas, em Olinda. Um óbito aconteceu por causa de queda de encosta em Passarinho, na Zona Norte da capital pernambucana. Em seis horas, choveu 200 milímetros, o equivalente a 67% do esperado para o mês de maio inteiro, de acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac). Universidades federais e o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) suspenderam as atividades d

Correntes oceânicas retardam efeitos do aquecimento global na Antártica

Efeito é boa notícia para regiões ameaçadas por subida do nível dos mares. Estudo explica porque Oceano Antártico é mais lentamente afetado. Correntes oceânicas frias e profundas do Atlântico Norte neutralizam o efeito do aquecimento global na Antártica e retardam o aumento do nível dos mares - revela estudo publicado na revista britânica Nature Geoscience na segunda-feira (30). Esse isolamento gelado do continente, que está coberto com uma camada de gelo de até quatro quilômetros de espessura, pode durar séculos, segundo a pesquisa. A conclusão do estudo é uma boa notícia para as centenas de milhões de pessoas que vivem em regiões baixas e estão ameaçadas pela subida iminente de até um met

Temporal de granizo é registrado em Lagoa da Prata, MG

Uma célula localizada de temporal despejou muito granizo na noite deste domingo (29) em parte do município de Lagoa da Prata, no centro-sul de Minas Gerais. A Polícia Militar informou que vários bairros foram atingidos pelo temporal, inclusive com destelhamentos de construções e quedas de árvores na Zona Norte da cidade. O granizo caiu em grande quantidade chegando a acumular em gramados e vias públicas, além das margens da rodovia estadual MG-170 sentido Moema. Propriedades rurais contabilizaram danos com perdas de lavouras e mortes de animais. Dados meteorológicos Por se tratar de uma célula localizada e sem deslocamento, as estações meteorológicas automáticas mantidas pelo Instituto Nacio

Sistema Cantareira mantém nível de água estável pelo 5º dia seguido

Alto Tietê, Guarapiranga e Alto Cotia também ficaram estáveis. Dois sistemas que abastecem a Grande SP tiveram queda nesta segunda. Do G1 São Paulo O nível de água do Sistema Cantareira ficou estável nesta segunda-feira (30), pelo quinto dia seguido, e opera com 66,2% do total da sua capacidade, de acordo com dados divulgados pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Nas últimas 24 horas, não choveu nas represas que compõem o reservatório. No acumulado do mês, no entanto, a chuva registrada é de 87,4 mm, marca já superior ao esperado para todo o mês, que é de 78,2 mm. Os sistemas Alto Tietê, Guarapiranga e Alto Cotia também ficaram estáveis. Já o Rio Grande e o Ri

Defesa usa radar orbital para detectar desmatamento

Por Portal Brasil Na próxima semana o Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), do Ministério da Defesa, começa a processar 1,5 milhão de quilômetros quadrados de imagens de radar para detectar desmatamento ilegal na Amazônia. As imagens são de áreas mais suscetíveis ao desmatamento devido às condições meteorológicas (excesso de nuvens). Para isso, é necessária uma tecnologia capaz de atravessar a barreira de nuvens como o radar orbital. O trabalho faz parte do projeto SipamSar, que monitora uma extensa área da Amazônia no período de muitas nuvens. As informações são repassadas ao Ibama para operações de fiscalizações e para o Instituto Nacional de Pesquisas

Alunos de São Brás desenvolvem estações meteorológicas para ajudar a prevenir incêndios

Prevenir e monitorizar fogos que possam ocorrer na Serra do Caldeirão é o objetivo da inovadora ferramenta que foi desenvolvida por alunos dos 1º e 2º anos do Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos do agrupamento José Belchior Viegas São Brás de Alportel, em Faro, Portugal. Os estudantes criaram duas estações para avaliação das condições climáticas e grau de progressão de um incêndio, uma fixa e outra móvel. O financiamento do projeto A Serra do Caldeirão na Nossa Mão foi garantido através do concurso Ciência na Escola. Todo o trabalho foi desenvolvido pelos alunos, coordenados por docentes de informática e de físico-química, em estreita colaboração co

O inverno artificial da China

por Leandro Bellato – Climatempo Quando ocorre uma explosão vulcânica muito intensa, milhões de toneladas de rocha são pulverizadas e lançadas à atmosfera, cobrindo uma grande área com cinzas e poeira, que bloqueiam a luz do sol. Dependendo da situação, as cinzas são espalhadas pelas correntes atmosféricas e cobrem todo o globo, ocasionando num leve bloqueio global da luz solar e diminuindo a temperatura do planeta. Quando a erupção é realmente intensa, a quantidade de cinzas e poeira introduzida na atmosfera é tão grande que os efeitos do bloqueio solar são drásticos, causando temporariamente o resfriamento de todo o planeta, o que é chamado de "inverno vulcânico". A explosão do vulcão Tamb

Maçãs podem desaparecer dos mercados até novembro

O ano de 2015 não foi fácil para os produtores de maçã de São Joaquim (SC), uma das maiores produtoras da fruta no país. A primavera altamente chuvosa foi muito prejudicial para a primeira safra de 2016, o que causou o aumento do preço. E as consequências irão prevalecer durante o ano, com um possível desabastecimento à vista para o mercado. Segundo o engenheiro agrônomo Salvio Rodrigues Proença, o fato de São Joaquim, que é responsável por um terço da produção nacional de maçãs, ter sofrido com as condições climáticas em 2015, faz com que todo o mercado nacional seja prejudicado. “20% da produção na cidade foi comprometida, o que corresponde à aproximadamente 300 mil toneladas”, afirma Proe

É isso o que acontece quando alguém enfrenta ventos de 160km/h

Climatologia Geográfica Você já enfrentou alguma ventania? Então, agora imagine ter que lidar com essa situação todos os dias no seu trabalho. Pois bem, é exatamente isso o que acontece no Observatório Washington. O Observatório Washington fica no topo de um monte com o mesmo nome, que fica em Nova Hampshire, nos Estados Unidos. O local possui uma das velocidades de ventos mais rápida do mundo. Esse monte sempre fica no topo da lista dos locais com ventanias mais rápidas. O local, inclusive, já conseguiu alcançar a primeira posição, isto é, o Monte Washington já conseguiu ser o dono do recorde de maior velocidade do mundo, com 372 km/h, em 12 de abril de 1934. Enfim, os observadores meteor

São Paulo fica abaixo de 10°C e bate novo recorde

por Josélia Pegorim A madrugada desta terça-feira, 24 de maio, na cidade de São Paulo foi a mais gelada de 2016. Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura mínima foi de 9,5°C na estação meteorológica do Mirante de Santana, na zona norte da capital paulista. Os paulistanos não sentiam frio abaixo de 10°C desde o dia 14 de agosto de 2014, quando o Mirante registrou 9,0°C. Mas para um dia de maio, a madrugada desta terça-feira, 24, foi a mais fria desde 31 de maio de 2007, quando a temperatura mínima foi de 9,0°C. Em maio de 2007, o Mirante teve três temperaturas abaixo de 10°C e a menor delas foi de 8,5°C, no dia 25 daquele mês. A forte queda da temperatura foi provocad

Recorde de frio no Rio de Janeiro

por Josélia Pegorim A forte massa de ar polar que entrou no Brasil esta semana derrubou a temperatura também no Rio de Janeiro. A capital fluminense teve novo recorde de frio na madrugada desta terça-feira, 24 de maio. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 13, 4°C na Vila Militar, na zona oeste carioca. O recorde anterior era de 13,7°C no dia 2 de maio. A sensação de frio ao amanhecer desta terça-feira era grande por toda a cidade. Na região do Forte Copacabana, a sensação térmica chegou aos 14°C por causa do vento moderado, embora a temperatura real fosse 20°C. Mar agitado Outra forte agitação marítima se espalhou pela costa do Sul e do Sudeste do Brasil. O mar segue bastante agita

Caçador de tempestades registra imagens impressionantes nos EUA

Fotos foram tiradas na 'Alameda dos Tornados', na região central dos EUA. Fotógrafo passou 5 semanas perseguindo tempestades em sete estados. Marko Korosec, um fotógrafo amador de Sezana, na Eslovênia, registrou imagens surpreendentes de diversos tornados na região conhecida como 'Alameda dos Tornados' (ou 'Tornado Alley', em inglês) no Centro-Oeste dos Estados Unidos. Korosec passou cinco semanas viajando por Texas, Oklahoma, Kansas, Colorado, Nebraska, Dakota do Sul e Montana apenas perseguindo tornados para fazer esses registros. Os tornados registrados por ele eram parte de um tipo de tempestade menos comum, chamado "supercélulas" (tempestade caracterizada pela presença de mesociclone).

Chuva de granizo é registrada em Miracema e Cambuci, no RJ

Fenômeno aconteceu por volta das 16h30 e não causou danos. Em Campos, RJ, uma árvore foi arrancada pela força do vento. Do G1 Norte Fluminense As cidades de Miracema e Cambuci, no Noroeste Fluminense, registraram chuva de granizo na tarde desta segunda-feira (23). De acordo com a Defesa Civil dos municípios, o fenômeno aconteceu por volta das 16h30. O vídeo acima mostra a chuva em Miracema. Em Campos dos Goytacazes, no Norte, uma árvore foi derrubada pela força do vento. Segundo a Defesa Civil de Miracema, choveu granizo por cerca de 15 minutos. Já em Cambuci, o fenômeno durou aproximadamente 30 minutos. Nenhum dano foi registrado nas cidades. Em Campos, os ventos chegaram a 55 km por hora,

Mar subiu 8 metros da última vez que planeta teve clima atual, diz estudo

Cientistas comparam clima com período interglacial, há 481 mil e 130 mil anos. Serviço Geológico americano está recopilando dados sobre fósseis marítimos. Os cientistas estão há anos investigando o impacto da mudança climática para as milhões de pessoas que vivem no litoral e uma pergunta cuja resposta pode estar no passado: da última vez que a Terra teve a temperatura atual, o mar subiu cerca de oito metros. O Serviço Geológico de Estados Unidos está recopilando dados sobre fósseis marítimos de todo o mundo para ter uma ideia do que pode ocorrer se o aquecimento global derreter as massas de gelo que hoje cobrem a Antártida e a Groenlândia, em um estudo internacional no qual só participa um

Mudança climática avança mais rápido do que o previsto, alerta ONU

Aumento da população, urbanização e consumo exagerado podem ser causas. Avaliações mostram que ainda há tempo para neutralizar as consequências. Os efeitos da mudança climática se manifestam mais rapidamente do que a comunidade científica previu, por isso que os governos devem tomar medidas imediatamente, advertiu nesta quinta-feira o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA). O estudo Previsão Meio Ambiental Global (GEO-6, em inglês), apresentado em Nairóbi, é o último e mais exaustivo relatório realizado pelo PNUMA que, através de seis estudos regionais, revela uma ameaça comum global cuja intensidade aumenta de forma preocupante. Em quase todo o mundo, o aumento da populaçã

O projeto Tempo de Aprender em Clima de Ensinar foi criado pela equipe do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LAMET/UENF), com o intuito de discutir com alunos e professores de escolas públicas as diferenças entre os conceitos de “tempo” e “clima” através de avaliações e estudos das características da atmosfera.

Criatividade Coletiva